27 agosto 2008

olimpíadas

*

A Érica é minha irmã mais velha. É minha referência. Tudo o que escolho, decido, compro e cago, eu conto para a Érica. Eu preciso ter o aval dela.
Ela é inteligente pacas – morria de inveja quando chegava a época dos boletins da escola. Eu ficava de recuperação enquanto ela podia curtir as férias. Para ela, nota vermelha é quando cai catchup no troco do hotdog.
A gente cresceu e ela continua inteligente. Eu melhorei um pouco, mas ainda não tenho a bagagem cultural que ela tem. Ela é atualizada em tudo - cinema, gastronomia, filosofia, arte barroca, Jimmy Choo, Stars Wars, Cordon Bleu, fenômenos naturais e sobrenaturais, física quântica, movimento GLS-XYZ, teoria de Darwin, teoria sem Darwin, literatura inglesa, hotéis excêntricos, fashion weeks e open houses. Até para a África ela já foi.
Pois bem, a vida ensinou que não existe nada que seja absoluto. Todos temos um lado B – inclusive a Érica.
1º: ela é minha irmã.
2º: de vez em quando ela é meio anta.
*

Conversa durante a final olímpica de vôlei masculino Brasil x Estados Unidos:
*
- ô Nina, isso aqui tá uma palhaçada! Eles tão marcando errado os pontos!
- Como assim?
- Olha só o marcador! Ninguém vai reclamar?
- Reclamar o que Érica?
- Tão roubando meu! Tão roubando!
- Mas tá certo É... O que tem de errado?
- Putaquepariu, que juíz de merda! Os pontos tão errados!
- Errados onde?
- O Giba errou o saque e deram o ponto pros carecas.
- Ué, não tá certo?
- Claro que não né! Quando erra saque é vantagem pro outro. Aí, se eles acertam o lance, aí sim é ponto deles. Já roubaram dois pontos nossos!
*
Putz, ela não sabe as regras novas do vôlei.... e nem são tão novas assim... será que eu aviso?
*
- Queimou, queimou, olha só!
- Que foi?
- O saque queimou! A rede tá balançando na cara do juiz e ele finge que não vê!
- Que horror né...
*
(...)
*
- Nossa Ni! Tá por esse! Vai Dante, faz um ace!
- Mas já tá acabando o set?
- É Nina! Tá por esse! Só falta um pontinho prá fechar o set. Vai Dante!
Eu até me levantei do sofá para ver de perto o marcador no cantinho da televisão: 14 x 12 pro Brasil. Ela estava pronta para ir ao banheiro na hora do intervalo, depois do set de 15 pontos.
- Ué, não vão trocar de quadra?
*
*
Gente, ela me fez jurar que eu não contaria essa do vôlei para o marido dela. Ela tem medo que ele peça divórcio. Já basta eu de viúva na família – não precisamos de outra história de solidão. Sou pessoa de palavra, amo minha irmã, nunca faria uma coisa dessas.
*

*

4 comentários:

Erica, a anta disse...

Gente,
eu sou do tempo que o set fechava em 15, o ponto era de quem tinha a vantagen do saque, o Cobi era o mascote da hora, o Renan era lindo e Domingos Maracanã fazia sol.

nina disse...

oi É,
o Domingos Maracanã era maravilhoso mesmo...
Calma mana, pode dormir tranquila que eu não vou contar pro seu marido, tá? Vai ser segredo nosso
beijo
ni

Angela disse...

Nina, tô sempre por aqui escondidinha, mas hoje não resisti. Diz pra Érica que o quinto set ainda fecha em 15, e aiai, o Renan era mesmo lindo e o Domingos Maracanã affffffffff hehe

E eu tb não me acostumo com essas novas regras (rsrs)

Beijos

PS: desculpe a invasão de campo...

nina disse...

oi Angela!
a Érica vai ficar feliz em saber que o décimo quinto ponto é decisivo em alguma parte do jogo...
não se desculpe Angela - não houve invasão nenhuma! entre e fique à vontade!
beijo grande
NIna

ah! eu tinha uma foto autografada do Domingos Maracanã...